Debtwire Brazil Forum

September 21, 2017 | Hotel Unique, Sao Paulo

Bem-vindo ao Fórum anual brasileiro da Debtwire

Depois de suportar tumultuosos três anos, a economia brasileira e o clima de negócios parecem estar em um longo caminho até a recuperação. Muitas empresas blue-chip estão em meio a uma reestruturação de suas operações e balanços, incluindo a CSN e a Odebrecht, enquanto outras, como a Oi, estão em processos judiciais prolongados. Além disso, o presidente Michel Temer está pressionando o Congresso para aprovar reformas do Sistema Previdenciário, da Segurança Pública e para colocar limites de gastos no Governo, o que poderia resultar em grandes implicações para a economia brasileira.

Junte-se à equipe do Debtwire onde os estimados palestrantes discutirão a perspectiva do Brasil nos próximos 12 meses e avaliarão algumas das suas reestruturações mais controversas.

Agenda

Cadastro e café da manhã

Abertura

Sessão Estratégica - Situação das Reestruturações Altamente Visíveis e Superação das Barreiras do Código de Falência

Surgindo de uma recessão desagradável, muitas empresas brasileiras ainda estão tentando realizar manobras para a reviravolta de suas operações e balanços, mas os relutantes credores diminuíram o progresso. Por exemplo, o gigante das telecomunicações, Oi, continua trabalhando com seus credores e acionistas em cima das mudanças em seu plano de reestruturação, mesmo depois que muitas partes interessadas não gostaram de sua versão inicial. Além disso, os credores estrangeiros encontraram várias dificuldades nos procedimentos do Capítulo 11 e 15 das empresas brasileiras, tal como a transferência de ativos contenciosa proposta pela OEA, em que os credores apelaram sem sucesso.

Os representantes vão ouvir os palestrantes discutir as reestruturações e negociações corporativas mais importantes do Brasil.

  • Identificar as percepções dos credores sobre as "deficiências" nos procedimentos dos capítulos 11 e 15 que consistem em reestruturações transfronteiriças brasileiras.
  • Que precedente estabeleceu o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo quando decidiu em favor do plano de reestruturação de Schahin, por objeções de credores, citando-o em termos "laborais" e "econômicos"?
  • Examinar a reação dos interessados aos recentes planos de reestruturação da Oi e potencial impacto nas negociações?
  • Discutir o novo plano de negócios da Samarco e as probabilidades de negociar com os obrigacionistas.
  • Será o contrato do QGOG Constellation (acionista) suficiente para resolver preocupações de liquidez?
  • Considerando o pedido da Odebrecht para um processo de "recuperação extrajudicial". Será que outras reestruturações extrajudiciais seguirão?
  • Analise das emendas recentemente propostas à lei, e o impacto das mesmas no processo de recuperação judicial. Quais as mais importantes?
  • Longos períodos de negociações do credor, acabam por contribuir para uma maior deterioração financeira dos devedores. Como podemos encutar esse processo?

  • Speakers
    - Cristiana Ferraz, Partner - Head of Financial Restructurings, STS GAEA Capital
    - Fabiana Balducci, Diretor, Credit Suisse
    - Leonardo Coelho, Managing Director, Alvarez & Marsal
    - Marcelo Mifano, Diretor Executivo - Special Situations/Turnaround Financing, Banco BTG Pactual
    - Rafael Fritsch, Partner and CIO for all Credit Funds, Canvas Capital
    - Arthur Almeida, Analista Judiciário, Debtwire (moderador)

Pausa de Café

Perspectivas sobre a Recuperação Corporativa do Brasil

A recuperação do Brasil ainda frágil, enfrenta grande incerteza com as próximas eleições de 2018. Embora a atual administração tenha pressionado uma reforma em torno de gastos, pensões e regulamentos, tais iniciativas não foram ousadas o suficiente quanto originalmente anunciadas. Essa resposabilidade passa a ser então da próxima administração. No entanto, em qualquer cenário político, todos esperam que uma recuperação econômica se materialize. Como então aproveitar as oportunidades no próximo ciclo? Além disso, quais procedimentos e estratégias operacionais podem ser melhorados com base no que se foi aprendido na crise econômica?

Os panelistas discutirão os riscos e oportunidades em setores que ainda não emergiram da recessão no Brasil, e também o impacto das reformas legislativas. As discussões incluirão, mas não se limitam a:

  • Será que o pior ja passou para os setores de O&G e construção?
  • Avaliação do progresso do presidente Temer em impulsionar a reforma legislativa, e o impacto da mesma na economia.
  • Como o resultado das eleições de 2018 afetará os mercados e a recuperação do Brasil?
  • Se a economia voltar a ter um forte crescimento, quais indústrias se recuperarão mais rapidamente?
  • Se conterem os custos e aumentarem a produtividade e a eficiência , será que as empresas brasileiras se tornarão mais competitivas?
  • Quais mudanças as empresas precisam implementar para aproveitar as oportunidades do próximo ciclo?
  • Analise do nível de confiança de credores e investidores em relação a empresas "recuperadas."
  • Balanço das perspectivas do Rio de Janeiro e outros estados grandemente endividados.

  • Speakers
    - Andre Guilherme Pereira Perfeito, Chief Economist, Gradual Investimentos
    - Eduardo Sampaio, Managing Director, Alvarez & Marsal
    - Luciano Sobral, Economista, Banco Santander
    - Aline Lima, Repórter, Debtwire (moderadora)

Conclusão do evento

Patrocinador principal

Co-Patrocinador

Localização

Hotel Unique
Av. Brigadeiro Luís Antônio
4700-Jardim Paulista
São Paulo - SP, 01402-002, Brazil